Londrinando - Mostrando o que Londrina e o Mundo têm de melhor.

4 passos para criar uma horta simples em casa

17.01.2017 / POR Londrinando

4 passos para criar uma horta simples em casa

Com a tendência do estilo de vida saudável cada vez mais presente em nossa rotina, ter uma horta em casa ajuda a cultivar e ter temperos frescos e variados sempre à mão, além de favorecer o contato com a natureza diariamente, já que as ervas precisam de cuidados para crescer.

Com um pouco de criatividade e dedicação, é possível criar uma horta, mesmo para quem não tem um jardim ou muito espaço em casa.

Separamos algumas dicas simples para cultivar uma horta em qualquer lugar:

1º Material e local ideal

A maioria das ervas precisam da luz solar para se desenvolver e crescer. Para isso, o primeiro passo é analisar os cantinhos em casa que recebem sol em algum momento do dia. Pode ser o beiral de uma janela, uma lateral da varanda, uma sacada ou até mesmo um canto arejado dentro de casa.

Ervas e temperos não precisam de grandes vasos com terra para se desenvolverem. Para plantar suas mudas, você pode escolher: garrafas pet, vasos de diversos tamanhos, potes de vidro ou caixas de madeira.

2º Circulação do espaço

O objetivo de uma horta simples em casa é ficar em um local que não dificulta o acesso ou a passagem. Todo cuidado para não esbarrar, ou derrubar a horta é pouco. Se depois de escolher o local com sol a circulação no espaço ficou mais complicada, uma outra alternativa são as hortas verticais para facilitar o cuidado e a colheita das ervas.

Opte por vasinhos apoiados com cabideiros fixados na parede, prateleiras e suportes para flores.

3º  A escolha dos temperos

Pense nos temperos que não podem faltar na preparação dos seus alimentos. Alguns são essenciais e precisam fazer parte da sua alimentação diária. Com inúmeras propriedades, as ervas podem auxiliar na digestão e trazer novos sabores e aromas para sua comida.

Algumas características e modo de cultivo dos temperos mais utilizados na gastronomia:

  • Manjericão: O manjericão prefere temperaturas mais altas ou amenas. Se sua horta recebe pouco sol, opte pelo manjericão roxo que se adapta melhor a esse tipo de iluminação.
  • Alecrim: É considerada uma erva altamente resistente, podendo ser regado de três em três dias. É mais adaptado a climas quentes e secos.
  • Hortelã: Na hora de cultivar a hortelã, plante-a em um vaso separado. Suas raízes mais profundas podem prejudicar as outras ervas.
  • Sálvia: A sálvia é mais uma opção para quem não tem muito tempo para cuidar da horta diariamente. Ela pode ser regada de dois em dois dias, além de resistir ao inverno e se desenvolver em baixas temperaturas.

4º  Cuidados para crescer

As ervas também precisam de cuidados diários para se desenvolver e crescer de forma saudável. Uma dica importante é na hora de colher suas folhas, retire primeiro as folhas maiores para o consumo e mantenha as menores, que ainda estão crescendo.

Outras dicas simples para conservar a horta em casa:

  • Adube a horta uma vez por mês. Escolha adubos orgânicos, como o húmus de minhoca e a torta de mamona.
  • Regue sua horta todos os dias no início da manhã ou no final do dia. Evite as horas de maior incidência do sol.
  • Não exagere na água. Encharcar a horta faz com que o excesso de água apodreça as raízes e mate sua planta.

Criar uma horta em casa é simples e fácil, qualquer lugar pode receber um cantinho com novos aromas e sabores. Depois que você começar a sua horta, ela se tornará essencial na sua cozinha!

Fotos: Reprodução