Londrinando, mostrando o que Londrina tem de melhor!

Setembro Amarelo – Você tem valor!

05.09.2018 / POR Londrinando

Setembro Amarelo – Você tem valor!

Setembro é o mês escolhido para chamar a atenção e falar sobre a prevenção do suicídio, mas o pedido de socorro de quem está quase para tirar a vida não têm dia e nem hora para se manifestar.

A Campanha foi criada em 2015 com organização do Centro de Valorização de Vida (CVV). Pessoas de vários lugares do mundo se juntam neste mês para realizar campanhas e discussões sobre o tema, que ainda é pouco abordado.

O suicídio é considerado um problema de saúde pública e mata 1 brasileiro a cada 45 minutos e 1 pessoa a cada 45 segundos em todo o mundo. Pelos números oficiais, são 32 brasileiros mortos por dia, taxa superior às vítimas da AIDS e da maioria dos tipos de câncer. 

Pelo menos o triplo de pessoas tentou tirar a própria vida e outras chegaram a pensar em suicídio. Apesar de números tão chamativos, o assunto ainda é tratado como tabu e é sempre evitado, o que pode aumentar o número de casos por falta de informação.

A depressão é um dos maiores fatores que causam suicídio e um assunto também pouco falado, porém não falar sobre a doença não faz com que ela diminuía, mas pode sim fazer com que a situação piore.

Segundo a Psicóloga Isadora Cambraia “ao contrário do que muitas pessoas pensam, depressão é sim um transtorno mental, não é frescura, não é falta de Deus ou escolha da pessoa como muitos acham. A depressão vem de maneira que ela engole o indivíduo, e cada vez mais a vida perde sentido. A depressão traz desânimo, e com isso o indivíduo deixa de fazer as coisas que antes lhe traziam prazer. Ao deixar de fazer essas coisas, o contato dele com bem-estar e alegria se tornam quase nulos, e cada vez mais a pessoa se sente triste, e sem forças para fazer as coisas. Até que as coisas básicas também se tornam tão difíceis! Para quem sofre de depressão, o levantar da cama já exige muito esforço e muitas vezes lhe causa muita dor! Os pensamentos negativos, os sentimentos ruins são cada vez mais constantes e a vontade de viver já pode não ser suficiente. Os outros dizem "tem que reagir" "tem que vencer" mas não é tão simples assim. Um transtorno como esse pode ser curado sim e exige acompanhamento terapêutico, psiquiátrico e muito amor”.

Então, o objetivo deste mês é conscientizar as pessoas que esse problema pode ser grave, e que pode tirar vidas. Setembro é um mês de diálogo, de conversar sobre o assunto e deixar as pessoas que sofrem com pensamentos suicidas saberem que elas não estão sozinhas e que morte não é a solução. Pode parecer bobo mas é muito importante elogiar as pessoas, mostrar o quanto elas tem valor, e o quanto são amadas.

E se alguém já partilhou algum pensamento suicida com você, não julgue, não brigue e nem condene. Esse é o momento de ouvir com coração e ajudar, e se possível procurar um especialista. “O suicídio muitas vezes é um ato desesperado de quem quer acabar com essa dor, mas esse não é o caminho! Tirar a vida trará mais dor. Se você conhece alguém que está sem forças para viver, não desista dessa pessoa. Doe amor, dê ouvidos, seja companhia e procure ajuda.” Diz a Psicóloga Isadora.

Se pensamentos ruins e suicidas rondam sua vida, é importante que peça ajuda. Lembre-se que sempre tem alguém que te amo e está torcendo por você. Fale com alguém, ter alguém para conversar faz toda a diferença. Se não tiver ninguém próximo para conversar ligue para o 141 ou 188 e converse com um dos voluntários do Centro de Valorização da Vida. Eles estão lá para dar todo suporte para quem precisa. Você é importante.

Você também pode gostar

4 passos para criar uma horta simples em casa

4 passos para criar uma horta simples em casa

17/01/2017 00:00 / POR Londrinando

Para começar 2019 bem

Para começar 2019 bem

28/12/2018 00:00 / POR Londrinando