Londrinando - Mostrando o que Londrina e o Mundo têm de melhor.

5 músicas essenciais para aproveitar o show do Otto em Londrina

06.11.2018 / POR Londrinando

5 músicas essenciais para aproveitar o show do Otto em Londrina

Cantor faz show gratuito na Concha Acústica na sexta (9) e fã divide com a gente cinco músicas essenciais para curtir a apresentação

O cantor Otto se apresenta em Londrina nesta sexta (9) em show gratuito num dos lugares mais queridos pelos londrinenses: a Concha Acústica. Em formato inédito de Power Trio, acompanhado por um trio de instrumentistas, o artista interpreta alguns de seus maiores sucessos junto a canções do seu último álbum, Ottomatopeia. “O formato é novo, mas a pegada segue intensa e dançante”, afirma Otto, que mantém as suas influências diversificadas, entre elas, o maracatu, o forró, o rap, o drum’n’bass e até as cantigas de roda.

O show é resultado da iniciativa Sesi Música, que, agora em novembro, abre as comemorações dos 84 anos de Londrina (10 de dezembro) em uma parceria com a Prefeitura do Município, por meio da Secretaria de Cultura.

Para ninguém ficar de fora da festa, conversamos com a redatora Luciana de Castro, que é muito fã de Otto, para saber quais músicas são essenciais para conhecer o cantor e não deixar de prestigiar o show.

Antes de dividir com a gente algumas de suas músicas escolhidas, ela conta que conheceu o Otto na época da faculdade.“Na época eu ficava meio ‘que som de doido é esse?’, porque ouvia pouca coisa originalmente brasileira, ou com forte influência de ritmos brasileiros, como o Otto”, explica. Tudo mudou quando ela assistiu ao DVD MTV Apresenta Otto, de 2005: “A partir daí foi só paixão mesmo”.

Luciana é tão fã que tem um trecho de “Crua”, sua música preferida, parte do álbum Certa manhã acordei de sonhos intranquilos, tatuado na pele: “Foi uma epifania quando eu a escutei. Eu até tatuei o refrão da letra nos ombros – "há sempre um lado que pesa e um outro lado que flutua" - porque fiquei realmente nesse estado de obsessão”.

A obsessão rendeu sua presença animada em alguns shows e até uma boa conversa de bar com o cantor. “O Otto pra mim é isso: é esse artista brilhante, de palavras fáceis mescladas a frases engenhosas, cheio de referências das artes, física, astros, religiões, vida. Do mundo. É um cara que bebe cerveja no copo plástico e escreve as poesias vivas e cortantes, que mexem com você lá dentro, sem muito esforço”, conta Luciana.


Luciana de Castro e Otto em 2017, quando ela foi assistir a um show dele em Maringá (Acervo pessoal)

Pra quem está pensando em perder o show de sexta, ela dá a dica: “É imperdível, de verdade. O Otto é entrega total. Muita energia, repertório para quem é fã, muita percussão marcada e simpatia total com o público. Você sai energizado, depois de passar por diversos tipos de afetos e emoções. Pra se divertir e se emocionar bastante mesmo”.

Ainda está em dúvida? Ouça as cinco músicas que Luciana selecionou para você conhecer melhor o Otto e não deixar de ir ao show! “Não são necessariamente as minhas favoritas, mas imagino que seja uma forma de imergir nele”, diz Luciana.

 

1- Bob

 

"Esse é o primeiro grande sucesso solo do Otto, essencial para entender as influências iniciais dele. Como é de costume, tem uma percussão bem marcada, uma mistura eletrônica que ele ama, e, particularmente, gosto de como a voz dele era muito jovem nessa faixa. O sotaque pernambucano bem marcado é delicioso! Bob tem a participação da Bebel Gilberto e é do álbum de estreia, Samba pra burro, de 1998. Foi essa música que chamou a atenção da crítica e abriu muitas portas para o Otto."

 

2- Crua

 

"Bem mais recente que Bob, Crua é de 2009 e é um sucesso já dos tempos digitais. Digo isso porque é a mais ouvida nas plataformas, como Spotify, e o clipe é bem assistido no YouTube. Nos shows, é também uma das mais pedidas - pelo menos nos que eu já fui. É a minha música favorita dele, principalmente por conta da letra. É muito sensorial e sensual, dá uma sensação de despedida de um amor que ainda não acabou. Além da frase que, pra mim, é a mais marcante de tantas que Otto tem - e que tatuei: "há sempre um lado que pesa e um lado que flutua". Crua fala, acima de tudo, de altos e baixos. Crua é a primeira faixa de Certa manhã acordei de sonhos intranquilos, de 2009, álbum com nome claramente inspirado em Franz Kafka."

 

3- Lavanda

"Eu não gosto muito que lembrem do Otto pelo casamento dele com a Alessandra Negrini, e vice-versa, porque já faz 10 anos que eles se separaram e, bom, deixem eles em paz. Mas é fato que o relacionamento deles foi algo explosivo, fora de série, e resultou em muita coisa boa. Lavanda é um desses exemplos. A música tem participações da Alessandra e do Antonio, filho da atriz - uma criança, na época. Embora eles tenham músicas juntos mais sensuais e bem mais explícitas sobre amor, envolvimento etc., Lavanda é emblemática porque também mostra outra faceta deles nesse período, que é a espiritualidade vinda de diversas origens, filosofias, religiões. Otto sempre traz isso em suas músicas, mas nesse álbum é realmente muito forte. Outra coisa que gosto de Lavanda é a paz de espírito que ela causa. Se você estiver triste ou ansioso, recomendo ouvir em volume alto. Lavanda é do álbum Sem gravidade, de 2003. Após a separação, Otto mudou a pegada alegre e entusiasmada a lançou o álbum citado acima, o Certa manhã. É perceptível a quebra entre os dois!"

 

4- The Moon 1111

"Passada a melancolia forte pós-Certa manhã, Otto lançou em 2012 o álbum homônimo a essa música. Esse disco tem influências do rock mais claras, e acho essencial para analisar outro traço forte do Otto: as letras que flertam com o nonsense. Não teria a ousadia de dizer que o que ele compõe não faz sentido, mas a cabeça do Galego é tão cheia de influências, referências e ideias que, somadas, às vezes soam difíceis de decifrar. The Moon 1111 é uma dessas músicas. Seu nome soma uma homenagem à lua, inspirada em Pink Floyd, ao número cabalístico 1111 (que teria aparecido coincidentemente muitas vezes para Otto durante a produção do álbum). A letra ainda cita uma referência ao livro Fahrenheit 451, de Ray Bradbury, e expressões bastante regionais do Nordeste. The Moon 1111 tem participação de Fábio Trummer, da também pernambucana Banda Eddie."

 

5- Carinhosa

"Para finalizar a tour pelo Otto, importante passar por seu último disco, Ottomatopeia, de 2017. Deste álbum, chama a atenção Carinhosa, uma música extremamente delicada e romântica acima da média do próprio Otto. A faixa tem uma melancolia mais próxima ao álbum de 2009, mas traz um som mais "limpo" e uma poesia bem mais clara que as letras antigas. Ao invés da tristeza do rompimento, enxergo em Carinhosa uma ansiedade pelo início do amor, do relacionamento. Há o sentimento de angústia, mas mais suave."

 *

Vai lá:

SESI MÚSICA APRESENTA: Otto Power Trio Show na Concha Acústica de Londrina

Quando: 9 de novembro, às 19h

Quanto: entrada franca

Onde: Concha Acústica de Londrina – em frente ao Centro Cultural Sesi/AML

Endereço: Rua Maestro Egídio Camargo do Amaral, 130 – Centro