Londrinando, mostrando o que Londrina tem de melhor!

Um ano de Grupo Londrinando: uma homenagem não-autorizada

12.04.2019 14:05 / POR Mariana Paschoal

Um ano de Grupo Londrinando: uma homenagem não-autorizada

Entrava no ar, no dia 30 de dezembro de 2014, a primeira foto do Instagram @londrinando, mudando o rumo da comunicação londrinense para sempre. Pode parecer que eu estou puxando o saco do chefinho Matheus Perine, que foi o idealizador do perfil, mas acredito que grande parte dos mais de 101 mil seguidores vai concordar comigo.

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Poste sua foto com a hashtag #londrinando que divulgaremos em nosso instagram ;)

Uma publicação compartilhada por Londrinando (@londrinando) em

Outra data importante: há exatamente um ano, no dia 12 de abril de 2018, o que era um perfil de fotos de Londrina já tinha se transformado em um grupo de comunicação, o Grupo Londrinando, que se mudava para o primeiro escritório, lá no Juntus. Pois é! Hoje completamos, oficialmente, um ano de Grupo, com uma equipe e um escritório. Que semana, meus amigos! Terça-feira, o @londrinando atingiu 100 mil seguidores e hoje, o Grupo Londrinando completa um ano... Essas comemorações todas fizeram a inspiração baixar na equipe e preparamos, sem os chefinhos saberem, esse material especial, contando um pouquinho da nossa trajetória. Esperamos que vocês (e eles) gostem!

Como tudo começou

O Londrinando foi idealizado pelo Matheus e começou como um Instagram de compartilhamento de fotos da cidade. Ele se inspirou em um perfil de arquitetura de uma prima, que compartilhava imagens de Curitiba e pensou em fazer algo parecido com Londrina. A Carol Foleis, assessora do Grupo e amiga pessoal dele e do Rafael acompanhou todo o nascimento desse @, já que trabalhava com o Matheus desde 2013. “Eu imagino que ele não tinha ideia do que o Londrinando ia se tornar. Ele apostava e acreditava no potencial do projeto e da rede social, mas eu penso que, lá em 2014, ele não tinha ideia de que teria uma equipe de sete pessoas trabalhando para o Grupo em 2019”, conta.

1ª fase: Instagram e Snapchat

Ao mesmo tempo em que alimentava o Instagram, Matheus também mantinha um perfil do Snapchat ativo e postava os trajetos que fazia pelas ruas de Londrina. Nessa época, ele já estava com o Rafa, que também alimentava o próprio Snapchat e os dois tinham algo em comum: a Carol como amiga. “Foi aí que deu um estalo: fazer vídeos aleatórios e brincadeiras juntos no Snapchat para criar engajamento. A gente ia para a casa do Rafael, gravava e a galera curtia”, relembra Carol.

Eles já tinham fãs nessa época. Coincidentemente, uma delas agora faz parte do grupo: a Tamirys Zanelatto, que é a nossa designer: "eu conheço o Matheus desde sempre, estudávamos na mesma escola. Quando descobri o Londrinando no Snapchat, sabia que ele estava por trás e, a partir daí, sempre acompanhei os dois e pude ver o crescimento que tiveram", discorre.

2ª fase: Stories no Instagram

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Londrinando (@londrinando) em

Com o sucesso do Snapchat e o surgimento da ferramenta de stories no Instagram, Matheus e Rafa começaram, aos poucos, a aparecer com vídeos também no Insta. “A galera amou aqueles rostinhos bonitinhos e simpáticos e tudo aconteceu de forma muito natural”, lembra Carol. Foi nessa época que eles se assumiram como casal e, como casal, começaram a mostrar o que Londrina tem de melhor, se profissionalizando cada vez mais.

3ª fase: Grupo Londrinando

A Carol contou que foi no período da segunda fase que as coisas tomaram uma proporção, talvez, inesperada e os meninos precisavam de mais gente para dar conta de todos os projetos que tinham em mente. Foi aí que surgiu a ideia de montar um escritório para viabilizar ideias como o lançamento de um site (este que vos fala, inclusive) e de um aplicativo. “Eles queriam fazer outras coisas acontecerem além do Instagram e, como eu participei lá no início, no Snapchat, fui convidada para ajudá-los nessa empreitada”, diz Carol. Foi então que, há exato um ano, o Grupo Londrinando passou a existir em um escritório no coworking Juntus, que nos acolheu muito bem até o início desse mês.

A expansão do Grupo não para e, recentemente, mudamos para o nosso próprio escritório. Mais uma conquista da nossa equipe que, com certeza, será comemorada por aqui daqui um ano novamente (hehe).

Fazer parte

“Trabalhar aqui é fazer parte”. A Carol falou isso quando eu perguntei para ela sobre a experiência de ser da equipe. Eu não poderia descrever melhor. Cada conquista, cada dificuldade e cada esforço do Grupo é também a conquista, a dificuldade e o esforço de cada um daqui de dentro para oferecer aos nossos seguidores o melhor conteúdo sobre essa cidade que a gente tanto ama.

Fazer parte também significa participar dos movimentos que fizeram com que o Grupo crescesse e conquistasse tudo o que conquistou nesse último ano e o Rafa e o Matheus dão essa abertura e confiança, como comprova o depoimento da Lisa Haidê, do departamento comercial: "é muito gratificante poder trabalhar aqui todos os dias, sinto que achei um lugar onde eu posso ser quem eu sou, onde tenho a liberdade de criar, opinar, dar ideias, ser criativa, e estar com pessoas que me fazem bem e que me motivam a querer melhorar sempre, superar minhas expectativas, e melhorar profissionalmente e pessoalmente também. É bom estar com pessoas que pensam grande, que sonham grande e são criativas, me sinto no lugar certo".

E assim como o dia-a-dia em Londrina, "aqui definitivamente não existe rotina", de acordo com a Tamirys. A gente tenta ser tão conectado com a cidade que é impossível ter um dia igual ao outro, afinal, sempre tem algo diferente acontecendo, né? E a Carol falou algo interessante sobre isso: para muita gente, os meninos viraram a cara de Londrina. Eles conseguem, através das plataformas online, levar o nome de Londrina para todos os lugares com o carisma, a propriedade e o equilíbrio que só eles têm. “Eles são muito diferentes, mas resulta no equilíbrio perfeito para fazer o Londrinando acontecer”.

Aqui dentro mesmo temos um exemplo de como o Londrinando se tornou um importante meio de comunicação na cidade: o Heitor, do departamento de design, é londrinense, mas não conhecia muito dos lugares que são mostrados pelo Grupo e pelos meninos. "Por isso é tão incrível o trabalho que eles fazem, a disposição e o compromisso que eles têm com tudo isso", afirma. Quem nunca passou por isso? Eu mesma sempre recorro ao nosso trabalho para procurar dicas de rolês.

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Londrinando (@londrinando) em

Esse último ano foi de muito aprendizado, crescimento e, felizmente, de muito sucesso. Mas não tem muito segredo para isso não: a gente ama Londrina e a gente ama o que faz. E é esse amor contagiante que move o Matheus e o Rafa desde lá do comecinho que dominou todo mundo aqui e fez essa história toda ser possível. Por aqui, vamos continuar trabalhando para oferecer a vocês um conteúdo de qualidade, criativo, divertido e descontraído sobre algo que todo mundo tem em comum: nosso amor por Londrina.