Londrinando, mostrando o que Londrina tem de melhor!

Clube Londrinando

15 séries e filmes para entender o protagonismo feminino

17.04.2019 16:26 / POR Mariana Paschoal

15 séries e filmes para entender o protagonismo feminino

Compreender o protagonismo feminino pode beneficiar a sociedade como um todo, não só as mulheres. A cultura pop, através de filmes e séries, é uma maneira simples e descontraída de aprender algumas coisas em relação a esse tipo de empoderamento. Por isso, selecionamos uma lista com títulos que têm muito a nos ensinar. Dá uma olhada nas dicas:

A Maravilhosa Sra. Maisel (2017-)

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por The Marvelous Mrs. Maisel (@maiseltv) em

A série A Maravilhosa Sra. Maisel (The Marvelous Mrs. Maisel) conta a história de Midge Maisel (Rachel Brosnahan), dona de casa de uma família de classe alta novaiorquina que decide se tornar uma comediante. O problema é que ela decidade isso na década de 1950... Então já dá para imaginar que a protagonista vai ter que enfrentar algumas barreiras, né? Todo o desenrolar dessa história, que por enquanto tem duas temporadas, mostra todo o poder dessa personagem como mulher. Sem mais detalhes para não correr riscos de dar spoiler. As duas temporadas estão disponíveis no Amazon Prime.

Absorvendo o Tabu (2019)

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por PERIOD. END OF SENTENCE. (@periodendofsentence) em

O documentário Absorvendo o Tabu (Period. End of Sentence) mostra a luta da mulheres indianas contra o estigma em torno da menstruação e como um grupo delas começou a produzir absorventes artesanais. O documentários está disponível na Netflix.

As Sufragistas (2015)

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Suffragette (@suffragettemovie) em

O filme "As Sufragistas" (Suffragette) é um filme de época britânico que mostra o sufrágio feminino no Reino Unido no início do século XX, que foi um movimento de mulheres que lutaram pelo direito ao voto no país.

As Telefonistas (2017-)

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Las chicas del cable (@chicasdelcable) em

Renovada para a 4ª temporada, "As Telefonistas" (Las Chicas del Cable) é uma série espanhola que se passa no fim da década de 1920. A trama central da série é a reviravolta que acontece na vida de quatro mulheres que começam a trabalhar em uma empresa de telecomunicações. A série está disponível na Netflix.

Capitã Marvel (2019)

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Marvel Studios’ Captain Marvel (@captainmarvelofficial) em

A Marvel abriu o ano com chave de outro mostrando o melhor do protagonismo feminino com a super heroína Carol Denvers (Brie Larson), mais conhecida como Capitã Marvel. Dizem por aí que ela também será a estrela do último filme da saga dos Vingadores. Aguardemos. O longa continua nas salas de cinema da cidade.

Coisa Mais Linda (2019-)

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Coisa Mais Linda (@coisamaislinda) em

E tem produção nacional na lista! Coisa Mais Linda, disponível na Netflix, conta a história da Malu (Maria Casadevall), que se muda para o Rio de Janeiro atrás de um sonho que tinha com o marido. Quando tudo dá errado e ela se vê sem ele, que vai embora com todo seu dinheiro, ela se junta a outras mulheres poderosas e abre um clube noturno de bossa nova.

Feministas: o que elas estavam pensando? (2018)

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por One Movie Punch (@onemoviepunch) em

No documentário original da Netflix, "Feministas: o que elas estavam pensando?" (Feminists: what were they thinking?) revisita fotos de um livro de fotografias que mostra mulheres compartilhando restrições culturais de suas infâncias e abraçando todas as suas características que foram moldadas por essas amarras culturais.

Glow (2017-)

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por GLOW (@glownetflix) em

A série Glow, disponível na Netflix e renovada para a 3ª temporada, gira em torno da história de um grupo de mulheres que participa de um circuito de luta profissional. Cada uma delas vive seus próprios dramas pessoais e descontam suas frustrações no ringue.

Grace e Frankie (2015-)

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por GRACE AND FRANKIE (@graceandfranki.x) em

Quando duas mulheres terminam seus respectivos casamentos de mais de 40 anos, tudo o que elas podem fazer é unir forças para viver uma vida plena e empoderada. É em cima dessa trama que a série Grace e Frankie acontece, já com cinco temporadas disponíveis na Netflix.

Livre (2014)

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Reese Witherspoon (@reesewitherspoon) em

O filme “Livre” conta a história de Cheryl (Reese Whiterspoon), que depois de sobreviver à morte da mãe, ao divórcio e ao vício de heroína, decide mergulhar na natureza e se aventurar em uma trilha de mais de mil milhas pela costa do Oceano Pacífico, nos Estados Unidos. No trajeto, ela aprende muito sobre ela mesma e sobre o protagonismo feminino. A história e baseada em fatos reais.

Mad Max: Estrada da Fúria (2015)

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Califico Movies & Tv Series♡ (@califico_movies) em

Para falar sobre protagonismo feminino no filme Mad Mad: Estrada da Fúria, vamos destacar o papel de Charlize Theron como Furiosa, uma das protagonistas. Não vamos contar o motivo dela ser importante para o filme para não dar nenhum spoiler para quem não assistiu, só adiantamos que ela é a famosa mulherão da p****.

Mulher Maravilha (2017)

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Wonder Woman (@wonderwomanfilm) em

A imagem da Mulher Maravilha é sinônimo de protagonismo feminino e empoderamento há décadas. O filme da DC de 2017 só veio para reforçar. Nele, a heroína, que nunca saiu da ilha paradisiaca em que nasceu, decidade deixá-la quando percebe que uma guerra sem precedentes está prestes a eclodir.

O Mundo Sombrio de Sabrina (2018-)

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Chilling Adventures of Sabrina (@sabrinanetflix) em

Não é apenas a personagem principal, Sabrina (Kiernan Shipka), que é uma mulher poderosa em “O Mundo Sombrio de Sabrina” (The Chilling Adventures of Sabrina). A série tem várias personagens femininas e cheias de poderes que mostram o que é uma mulher empoderada - no mundo das bruxas, ou no real. Duas temporadas estão disponíveis na Netflix.

She’s Beautiful When She’s Angry (2014)

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por @shesbeautifulwhenshesangry em

Categorizado como curta-metragem e documentário histórico, "She's Beautiful When She's Angry" traz um olhar inspirador sobre o movimento feminista dos anos 60, mais especificamente sobre as mulheres que o lideraram.

Unbreakable Kimmy Schmidt (2015-2019)

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Kimpossible (@unbreakablekimmyschmidt) em

A série de comédia apresenta Kimmy Schmidt, uma jovem que tenta se ajustar à vida em Nova York após ser resgatada de uma seita na qual ela e outras três mulheres foram mantidas em cativeiro por 15 anos. Determinada a não ser vista como vítima, a personagem decide recomeçar a vida. A trama se passa em quatro temporadas e está disponível na Netflix.

Todos nós, homens e mulheres, temos muito a aprender com todas essas opções se séries e filmes, seja eles de drama, comédia, ficção, ou vida real. Qual é o próximo título que você vai ver?