Londrinando, mostrando o que Londrina tem de melhor!

O que a universidade tem de bom? Evento aproxima população de pesquisas acadêmicas em Londrina

14.05.2019 17:54 / POR Mariana Paschoal

O que a universidade tem de bom? Evento aproxima população de pesquisas acadêmicas em Londrina

Conversa em mesa de bar… Quais temas vêm à cabeça? Já pensou em conversar sobre pesquisas acadêmicas específicas? Provavelmente não, né? Isso porque a maioria das pessoas pensa que fazer ciência é chato, é ficar dentro do laboratório fazendo atividades maçantes. O Pint of Science vem para desmistificar essa ideia e acontece em Londrina pelo segundo ano entre os dias 20 e 22 de maio.

O evento foi idealizado em 2012 por Michael Motskin e Praveen Paul, dois pesquisadores britânicos da Imperial College London, que organizaram um evento chamado Encontro com Pesquisadores. Para esse encontro, os pesquisadores convidaram pessoas com doenças neurodegenerativas às universidades para mostrar pesquisas desenvolvidas nesse campo do conhecimento. Durante o encontro, eles tiveram a sacada de levar esse evento a mais pessoas, mas como ficaria difícil levar várias pessoas para dentro das universidades e contemplar vários campos do conhecimento ao mesmo tempo, eles pensaram em levar o evento para fora do meio acadêmico. Foi então que eles levaram a ciência e as pesquisas realizadas nas universidades a ambientes informais e descontraídos, como bares, por exemplo. E na programação de Londrina, todos os encontros serão realizados em bares: Cheers Pub, Pier Santa Monica, Brito's Petiscaria.

O coordenador geral do Pint of Science em Londrina, professor doutor Eduardo Inocente, explica que a ideia geral do evento é falar sobre ciência séria e de ponta de maneira que qualquer pessoa possa compreender.

“No nosso caso, temos uma universidade de ponta, com inúmeras pesquisas e aplicações em todas as áreas do conhecimento, que é a Universidade Estadual de Londrina, e muitas vezes a gente não sabe como a nossa vida melhora com as pesquisas realizadas tão perto da gente”, esclarece o professor, que afirma que a população do Brasil não é muito próxima à ciência, por diversas questões. “A gente tende a pensar que as tecnologias mais interessantes são de outros países e acaba esquecendo de valorizar, prestigiar e conhecer o que é gerado aqui dentro”, continua.

Programação

A programação do Pint of Science Londrina abrange várias áreas, desde as ciências exatas até as ciências humanas, passando pelas biológicas e gastronômicas:

Um historiador e um psicólogo vão discutir a crise da tolerância nos tempos atuais.

Um administrador e um profissional da gastronomia vão falar sobre os impactos da alimentação gourmet na economia, na saúde e nos negócios.

Controle do Aedes aegypti e o declínio nas populações de abelhas no mundo vão ser abordados por dois biólogos.

Duas pesquisadoras, das áreas de história e engenharia civil, vão falar sobre o papel da mulher na ciência.

Os 50 anos do homem na lua e a vida extraterrestre vão ser abordados por um físico e um químico.

Ciência e sustentabilidade também vão à mesa do bar com profissionais da química e da física.

Um químico e um farmacêutico colocam a tabela periódica na roda.

As Fake News também têm lugar na academia e, no Pint of Science, serão discutidos por profissionais da ciência da informação e da comunicação.

E, para finalizar a programação, a beleza nas redes sociais também é colocada sob uma perspectiva acadêmica por pesquisadores das artes visuais e da biomedicina estética.

Vale lembrar que tudo isso será discutido de uma forma descontraída e fácil e é aberto para todos os interessados e entusiastas dos temas. A programação completa e detalhada pode ser conferida no site do evento, que é gratuito.

“Vivemos em tempos sombrios em relação às universidades no Brasil e esse evento acaba por esclarecer muitas coisas. A partir do momento que a gente sabe o que acontece nas universidades, a gente começa a sentir orgulho das pesquisas e de todo o conhecimento que é gerado aqui e, consequentemente, passamos a defender as instituições de ensino superior e as pesquisas do Brasil. Porque essas pesquisas transformam a sociedade”, conclui o coordenador do evento em Londrina.

Vai lá:
Pint of Science Londrina
Quando: de 20 a 22 de maio
Onde: Cheers Pub, Pier Santa Monica, Brito's Petiscaria
Evento no Facebook | Site