Londrinando, mostrando o que Londrina tem de melhor!

Dia Mundial do Compositor: conheça o trabalho de alguns compositores londrinenses

15.01.2020 16:43 / POR Mariana Paschoal

Dia Mundial do Compositor: conheça o trabalho de alguns compositores londrinenses

O Dia Mundial do Compositor é comemorado todos os anos, em 15 de janeiro. A data tem como objetivo homenagear os compositores de todo o mundo. Nada mais justo, não é mesmo? Compor uma música não deve ser nada fácil! E em Londrina temos ótimos exemplares desses escritores da música. Bora homenageá-los também? Confira o trabalho de alguns deles:

André Siqueira

André Siqueira é compositor, arranjador e multi-instrumentista, com graduação e mestrado em música! Siqueira também atua como professor da UEL, responsável pelas disciplinas violão e música e tecnologia. Para construir sua escritura musical, o compositor utiliza vários instrumentos: flautas, guitarra elétrica, violões, viola caipira, contrabaixo e guitarra portuguesa. A trajetória do músico londrinense é composta por experiências diversas em cultura popular e por pesquisas em música contemporânea. Ele também gravou com vários músicos e participado de diversas mostras e festivais.

Arrigo Barnabé

Arrigo Barnabé é um dos nomes mais lembrados quando o assunto se trata de compositores londrinenses. Celebrado no cenário musical nacional, o compositor já teve um reconhecimento público considerável com seu primeiro disco, o "Clara Crocodilo", de 1980. Nas músicas de Barnabé, é possível identificar elementos de música erudita até letras sobre viver na cidade grande. As composições do londrinense estão próximas das composições da Vanguarda Paulista e de artistas que fizeram parte dela, como Itamar Assumpção. Música experimental, avant-garde, rock psicodélico, MPB e rock progressivo são os gêneros que caracterizam as obras do artista.

Bernardo Pellegrini

Outro nome de peso na música londrinense é Bernardo Pellegrini. A trajetória musical de Pellegrini começou aqui em Londrina, na década de 1970. No início, o compositor fez trilhas para teatro e, eventualmente, se mudou para São Paulo para atuar como jornalista. É claro que a música não saiu dele: o primeiro disco, "Humano Demais", veio no fim da década de 80. Em 2010, Pellegrini volta de um hiato na carreira musical e investe em lançamento de novos álbuns, além de passar a se apresentar no circuito alternativo da música.

João de Carvalho

Violonista, compositor e educador musical formado pela UEL. Esse é João Carvalho, que também atua como professor de música desde 2000. Desde então, o compositor vem desenvolvendo uma metodologia diferenciada para o ensino do instrumento, na qual ele busca despertar no aluno a paixão pela música através do aprimoramento do senso crítico, da prática da composição, do desenvolvimento da consciência histórica que envolve a música, e do reconhecimento do fenômeno musical como manifestação poética e artística do homem, dissociando-a do papel estritamente comercial e de entretenimento.

Karen Debértolis

Karen Debertólis, a "mulher das palavras" (nome do CD de poesia da compositora, gravado em 2009), é escritora e jornalista. Seu trabalho na composição propõe um diálogo entre a poesia e a música. Ela parte dos versos de seus poemas e adiciona melodias com elementos de jazz, MPB, rock e soul.

La Natel

O compositor Lauro Natel de Oliveira, mais conhecido como La Natel, encontra inspiração para suas músicas nas estradas rurais de Londrina há mais de 40 anos. É provável que você conheça muitas músicas dele, já que os versos do artista fizeram muito sucesso, principalmente nas vozes da dupla Teodoro e Sampaio. Algumas delas são "Psiu", "Lobisomem Apaixonado", "Zé da Silva Brasileiro" e "Coração a Diesel". As composições de La Natel já fizeram sucesso em outros países também, como em Portugal com "O Tocador".

Quais são os outros compositores da cidade que você conhece? Qual é o seu preferido? Conta pra gente para adicionarmos à lista e celebrarmos esses artistas!

Obs: os preços e promoções são válidos para a data da publicação, podendo sofrer alterações sem aviso prévio das quais não nos responsabilizamos.