Londrinando - Mostrando o que Londrina e o Mundo têm de melhor.

#Beychella: Beyoncé faz história em um dos maiores festivais do mundo

17.04.2018 / POR Londrinando

#Beychella: Beyoncé faz história em um dos maiores festivais do mundo

Para quem não conhece, o Festival Coachella Valley Music and Arts Festival - ou apenas Coachella - é um evento de música e arte que acontece anualmente na cidade de Indio, Califórnia e reúne em cada edição mais de cem shows de artistas do cenário alternativo, como rock, hip hop, eletrônico, entre outros.

O Festival conta com vários palcos e tendas, que recebem os nomes de: Palco Coachella, Outdoor Theatre, Tenda Gobi, Tenda Mojave e Tenda Sahara.

Na edição deste ano Beyoncé foi a atração principal. Lembrando que ela deveria ter se apresentado na edição do ano passado, mas precisou se afastar dos palcos por conta da gestação, sendo substituída por Lady Gaga. Esse ano a cantora compensou, fez ensaios que duraram até 11 horas por dia para levar um espetáculo que superava qualquer expectativa. A rainha voltou com tudo e atuou durante quase duas horas no Festival e, como sempre, arrasou! Contou com mais de 100 bailarinos, vestiu cinco looks diferentes, todos fazendo algum tipo de referência como à Nina Simone ou aos Panteras Negras.

Beyoncé entrou em um palco gigantesco cercado por telões de led com um cenário de escadas em forma de pirâmide acompanhada por um exército de músicos e bailarinos. Vestida de Nefertiti, uma rainha do Antigo Egito, a musa abriu o show descendo as escadas centrais cantando o seu hit “Crazy In Love”, diante de mais de 100.000 pessoas no festival. Contou também com a presença de seu marido Jay-Z, que esteve no palco para interpretarem juntos a música “Deja Vu”.

E não acaba por aí! Como se não bastasse, a surpresa da noite foi a participação de Kelly Rowland e Michelle Williams com quem Beyoncé formava o trio Destiny Child. Elas cantaram juntas grandes hits do grupo “Say my Name”, “Soldier”, e “Lose My Breath”.

A diva do pop ainda fez história, tornando-se a primeira artista negra a figurar como headliner: “Obrigada por me deixarem ser a primeira mulher negra como atração principal do Coachella. Era para eu ter me apresentado antes, mas acabei ficando grávida. Eu tive tempo para sonhar sobre esse show, com duas almas lindas na minha barriga, e isso é mais do que eu sempre sonhei. Eu espero que vocês tenham gostado, trabalhamos duro“.

O evento foi transmitido oficialmente ao vivo no canal do Coachella no YouTube. No próximo sábado, 21, Beyoncé volta ao palco do Festival para sua segunda e última apresentação, mas dessa vez não haverá transmissão online.

Rainha faz assim né mores?