Londrinando, mostrando o que Londrina tem de melhor!

Mês da Saúde e Nutrição: nutricionista dá dicas de como ter uma vida mais saudável através da alimentação

11.03.2020 14:24 / POR Mariana Paschoal

Mês da Saúde e Nutrição: nutricionista dá dicas de como ter uma vida mais saudável através da alimentação
Conteúdo patrocinado

 

O dia 31 de março foi definido como o Dia da Saúde e Nutrição pelo calendário oficial do Ministério da Saúde. A data visa conscientizar as pessoas sobre a função que a alimentação exerce em nossa saúde. Mas falar sobre saúde e, ainda mais importante, cuidar dela, é algo que devemos fazer todos dias. O mesmo deve ser aplicado na nutrição, processo em que os organismos aproveitam os alimentos ingeridos e assimilam nutrientes para que suas funções vitais acontecem de maneira saudável. Para fomentar ainda mais essa discussão, preparamos uma série de conteúdos relacionados à saúde que será veiculada durante todo o mês de março. Como o foco da data é o combo saúde + nutrição, começaremos com um bate-papo com o nutricionista londrinense, Gilberto Mano.

O que é dieta?

Qual é a primeira coisa que vem à sua cabeça quando ouve a palavra “dieta”? É provável que muita gente pense naquelas dietas malucas, em passar fome, em algo sofrido. “Isso acontece porque a sociedade sempre buscou algo que beira ao extremismo, então a palavra ‘dieta’ soa como algo muito forte, pejorativo”, afirma Mano, que ainda complementa dizendo que muitas pessoas fazem dietas para emagrecer e nesse processo cortam tudo, restringindo elementos que são importantes para a nossa saúde. No entanto, “o ideal é manter o equilíbrio: não exagerar na comida e nem nas restrições”, explica o nutricionista.

Dito isso, Mano explica que dieta significa “hábitos alimentares individuais”. “A mídia criou um perfil de corpo que é praticamente inatingível, mas normalmente o percentual de gordura não influencia muito na saúde. Atletas, muitas vezes, não são saudáveis pelo estresse corporal”, esclarece. O profissional sempre deixa claro para seus pacientes que não podemos nos basear nas pessoas que estão na mídia. “Cada um tem seu biotipo, sua genética. Não podemos querer atingir esses padrões. Não é saudável”, fala.

Mas então o que é ser saudável?

Comer pouco não é, necessariamente, comer saudável. Ser magro também não é, necessariamente, ser saudável. Uma pessoa saudável, segundo Mano, é aquela que tem bem-estar mental, físico e social. “Então não é simplesmente estar com um corpo legal. A gente tem que estar bem com a família, com os amigos, com a vida social em dia, praticar exercícios físicos, e tentar comer bem, com equilíbrio”, explica o nutricionista. Para ele, entrar em uma obsessão de ter o corpo perfeito e fazer isso a todo custo “como com o uso de medicamentos” não é saudável.

Como ser saudável através da alimentação?

A primeira dica de Mano para ser saudável é sempre ter ao lado um profissional de saúde como o próprio nutricionista, um educador físico, médico… Também é importante tomar muito cuidado com medicamentos diuréticos, inibidores de apetite, antidepressivos, “enfim… medicamentos que visam somente a estética e não a nossa saúde”, expõe. 

Em relação à alimentação… De acordo com o profissional, é preciso ter muito cuidado também com as dietas da moda. Elas não respeitam a individualidade do paciente. “Não é saudável entrar em uma dieta simplesmente porque funcionou com uma pessoa. Você pode pagar um preço caro no futuro por isso”, alerta. As dietas da moda mais populares atualmente são o jejum intermitente, as dietas cetogênicas, dietas low carb, dietas detox, entre outras dietas que restringem algum componente específico da alimentação. “Nosso corpo é muito esperto. Ele não vai deixar a gente entrar em uma perda de peso tão rápida. Toda vez que ele perde muito peso, muito rápido, ele sempre vai pedir aqueles elementos que foram restritos futuramente e vai ocorrer o famoso efeito sanfona, quando a pessoa ganha todos os quilos novamente”, esclarece.

“A maioria dos pacientes que me procura para emagrecer acaba comendo mais do que antes do atendimento”, conta, provando que comer pouco não é comer saudável. Segundo o nutricionista, comer de maneira saudável é comer de forma fracionada, trabalhando o sistema digestivo e fazendo com que os pacientes tenha uma vida melhor. “Dietas que fazem a gente passar fome fazem com que no fim do dia você queira sair da dieta”, argumenta.

“Qual é a minha função aqui? Eu acredito que no futuro, o nutricionista não vai ser mais algo prescritivo. Vai ser algo orientativo. Vamos ensinar as pessoas a comer, a ter uma reeducação alimentar pra conseguir ter um hábito alimentar saudável sem ser algo sofrido”, finaliza.

Sobre o nutricionista Gilberto Mano

Gilberto é nutricionista desde 2017 e tem o trabalho focado em nutrição esportiva. Apesar de ter como público-alvo pessoas que praticam atividades físicas, ele também atende qualquer um que queira viver uma vida mais saudável através da alimentação.

Para conhecer mais sobre o trabalho do nutricionista, é só acessar o Instagram, o Facebook, ou ligar para (43) 99974-1237.