Londrinando, mostrando o que Londrina tem de melhor!

Para não surtar: coisas boas que aconteceram nos últimos dias em meio à pandemia do coronavírus

18.03.2020 14:28 / POR Mariana Paschoal

Para não surtar: coisas boas que aconteceram nos últimos dias em meio à pandemia do coronavírus

Não é difícil encontrar quem esteja sufocado com tanta notícia ruim e preocupação sobre o avanço do coronavírus no Brasil e no mundo. Todos nós precisamos de um respiro às vezes e saber que a pandemia, apesar de ser algo ruim, também pode nos presentear com notícias boas que mostram o lado bom das pessoas, é uma maneira de descansarmos a cabeça, pelo menos por alguns instantes. Para te ajudar a não surtar com tudo o que está acontecendo, selecionamos algumas notícias boas em meio a tanta crise:

Empresas e instituições produzem e distribuem álcool gel gratuitamente

Um dos efeitos da pandemia do coronavírus é a alta demanda de álcool gel e, consequentemente, a falta e a superfaturação do produto nas lojas que o vendem. Diante dessa situação, algumas empresas que têm condições de fabricar o álcool ideal para a higienização das mãos e objetos (com concentração de 70% de etanol) tomaram a iniciativa de produzir e distribuir gratuitamente para as pessoas e locais que precisam com mais urgência. É o caso da Ambev e da Louis Vuitton.

A Ambev anunciou no começo desta semana que vai utilizar a fábrica de cervejas da cidade de Piraí (RJ) para produzir álcool gel que será destinado, gratuitamente, a hospitais públicos das regiões com mais casos confirmados de coronavírus. Segundo a empresa, serão produzidas 500 mil garrafas do produto.

No caso da Louis Vuitton, o álcool gel será produzido nas fábricas de perfume e cosméticos. O produto será distribuído gratuitamente pela França. Ao todo, 39 hospitais públicos do país vão receber o estoque.

Outra iniciativa brasileira é de alunos do 10º semestre do curso de farmácia da Unidade de Ensino Superior de Feira de Santana (UNEF). A turma está produzindo álcool gel para distribuir, também de graça, em vários pontos do campus.

Pessoas se oferecem para fazer compras a vizinhos no grupo de risco

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar) em

Várias fotos já circulam na internet de pessoas deixando avisos em suas portas se oferecendo para sair e fazer as compras dos vizinhos que estão no grupo de risco da doença, como idosos e pessoas com problemas respiratórios e cardíacos. Tempos de crise têm o seu lado bom: eles mostram a solidariedade nos outros. 

Pessoas cantam e tocam instrumentos de suas janelas

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por BBC Travel (@bbc_travel) em

A gente já conhece a fama de "caloroso" do povo italiano e a situaçao do país em meio à pandemia do coronavírus vírus só comprovou o que já sabíamos. Já foram gravados vários registros de cidades italianas que estão em quarentena obrigatória de seus moradores cantando e tocando instrumentos em uníssono, de suas janelas, como se estivessem todos juntos nas ruas.

Aulas e jogos pela janela

Seguindo o exemplo do segundo país que mais sofre com o coronavírus - a Itália - outros países também promovem atividades de suas janelas, sem sair de casa por causa da quarentena. O vídeo acima é de uma aula de ginástica na Espanha. Os espanhois também foram flagrados jogando bingo de suas sacadas, sem precisar quebrar a quarentena para se reunirem:

Festival Fico em Casa

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por #FestivalFicoEmCasaBR (@festivalficoemcasabr) em

O festival "Fico em Casa" começou em Portugal e já se espalhou para outros lugares. O Brasil é um deles. A ideia é reunir artistas e bandas para romper o isolamento contra o coronavírus através da internet, com apresentações online, fazendo com que o público continue a receber boas energias e cultura. Aqui no Brasil, o festival acontece de 24 a 17 de março, com mais de 60 apresentações únicas, em formato inédito. Para conhecer a programação completa e para assistir aos shows, fique de olho no @festivalficoemcasabr

Empresas de TV por assinatura liberam canais fechados a todos os assinantes

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar) em

As principais empresas de TV por assinatura do Brasil liberaram os sinais de canais fechados gratuitamente aos assinantes para incentivar a população a fazer a quarentena voluntária.

A Sky liberou todos os canais aos assinantes e alguns deles também podem ser acessados pelo streaming Sky Play por não-assinantes.

A Claro, por sua vez, aumentou a velocidade de banda larga fixa. Os usuários da rede móvel da empresa também ganharam um bônus de internet. Para acessar o benefício, o assinante só precisa assistir à campanha de conscientização do Ministério da Saúde sobre o coronavírus.

No caso da Oi TV, os canais Nick, Nick Jr, E!, AXN, A&E, H2, Lifetime, Cinemax, Sony, Canais Telecine, Comedy Central, VH1 Megahits e Paramount foram liberados para todos os assinantes até o dia 28 de março.

Sites de notícias liberam conteúdo sobre coronavírus gratuitamente

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Estadão (@estadao) em

Importantes veículos de comunicação como a Folha de São Paulo, o Estadão, jornais do Grupo RBS e a Nexo liberaram o acesso gratuito a conteúdos sobre o coronavírus para que a população como um todo se mantenha informada sobre as atualizações da pandemia.

Burger King doa parte do lucro ao SUS

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por @burgerkingbrasil em

Para ajudar o SUS a comportar a quantidade de pacientes devido à chegada do coronavírus ao Brasil e também para ajudar a rede pública de saúde a controlar a disseminação do vírus, a rede de fast food Burger King anunciou que doará parte de sua receira financeira ao Sistema Único de Saúde. 

Artistas fazem shows para fãs virtualmente

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Alejandro Sanz (@alejandrosanz) em

Vàrios shows em estádios e teatros foram cancelados ou adiados nas últimas semanas, deixando milhões de fãs tristes por todo o mundo. Mas alguns artistas já se movem para não deixá-los na mão e já marcam apresentações online, como é o caso do espanhol Alejandro Sanz.

A volta das águas cristalinas nos canais de Veneza

Uma das coisas que a pandemia do coronavírus tem mostrado a nós é que precisamos ter mais cuidado com o nosso próprio planeta. Um dos sinais disso é que moradores da região registraram as águas cristalinas dos canais de Veneza pela primeira vez depois de muito tempo. Além disso, animais como os cisnes e os peixes voltaram a circular nos canais depois que o turismo em massa foi contido no país por causa da querentena, diminuindo a poluição.

Em tempos de crise, é preciso manter a positividade e a mente sã sempre que possível. Vamos juntos?

Foto de capa: Reuteurs