Londrinando - Mostrando o que Londrina e o Mundo têm de melhor.

Postos Ipiranga

19 de Junho – Dia do Cinema Brasileiro. 10 filmes que você precisa assistir!

19.06.2018 / POR Londrinando

19 de Junho – Dia do Cinema Brasileiro. 10 filmes que você precisa assistir!


O Dia do Cinema Brasileiro é celebrado em 19 de junho. Essa data foi escolhida porque teria sido o primeiro dia em que foram feitas imagens a partir da tecnologia do cinematógrafo no Brasil.
A produção cinematográfica nacional é riquíssima! Existem diversas obras clássicas e contemporâneas de excelente qualidade e feitas totalmente no Brasil.
Claro que a única atividade indicada para este dia é homenagear as produções brasileiras fazendo uma maratona de filmes nacionais com os amigos ou a família! E para isso, preparamos uma listinha de alguns filmes brasileiros que se você ainda não viu, precisa ver! Vem com a gente:

O Auto da Compadecida – comédia, aventura
As aventuras dos nordestinos João Grilo (Matheus Natchergaele), um sertanejo pobre e mentiroso, e Chicó (Selton Mello). Os dois lutam pelo pão de cada dia e atravessam por vários episódios enganando a todos do pequeno vilarejo de Taperoá, no sertão da Paraíba. A salvação da dupla acontece com a aparição da Nossa Senhora (Fernanda Montenegro). Adaptação da obra de Ariano Suassuna.


Carandiru - drama
Um médico (Luiz Carlos Vasconcelos) se oferece para realizar um trabalho de prevenção a AIDS no maior presídio da América Latina, o Carandiru. Lá ele convive com a realidade dos cárceres, que inclui violência, superlotação das celas e instalações precárias. Porém, apesar de todos os problemas, o médico logo percebe que os prisioneiros não são figuras demoníacas, existindo dentro da prisão solidariedade, organização e uma grande vontade de viver.



Cidade de Deus - drama
O filme narra a vida de diversos personagens e eventos que vão sendo entrelaçados no decorrer da trama. Tudo pelo ponto de vista do Buscapé. O protagonista-narrador que cresceu em um ambiente muito violento e tem o sonho de ser fotógrafo. Porém, encontra subsídios para não ser fisgado pela vida do crime. Vale a pena ver!



Central do Brasil - drama
Dora (Fernanda Montenegro) trabalha escrevendo cartas para analfabetos na estação Central do Brasil, no centro da cidade do Rio de Janeiro. Ainda que a escrivã não envie todas as cartas que escreve - as cartas que considera inúteis ou fantasiosas demais -, ela decide ajudar um menino (Vinícius de Oliveira), após sua mãe ser atropelada, a tentar encontrar o pai que nunca conheceu, no interior do Nordeste.



Minha Mãe é uma Peça – comédia
Dona Hermínia é uma mulher divorciada do marido, mas muito de bem com a vida. Hiperativa, ela não larga o pé de seus filhos Marcelina e Juliano, que já estão bem grandinhos. Um dia, após descobrir que eles a consideram uma chata, resolve sair de casa sem avisar ninguém, deixando todos, de alguma forma, preocupados com o que teria acontecido. Mal sabem eles que a mãe foi visitar a querida tia Zélia para desabafar suas tristezas do presente e recordar os bons tempos do passado.



Olga – histórico, romance
Olga Benário (Camila Morgado) é uma jovem judia alemã. Militante comunista, é perseguida pela polícia e foge para Moscou, onde recebe treinamento militar e é encarregada de acompanhar Luís Carlos Prestes (Caco Ciocler) de volta ao Brasil. Na viagem, enquanto planejam a Intentona Comunista contra o presidente Getúlio Vargas, os dois acabam se apaixonando. Parceiros na vida e na política, Olga e Prestes terão de lutar pelo amor, pelo comunismo e, principalmente, pela sobrevivência.


Que Horas Ela Volta - drama
A pernambucana Val (Regina Casé) se mudou para São Paulo para conseguir melhores condições de vida para sua filha Jéssica. Com muito receio, ela deixou a menina no interior de Pernambuco para ser babá de Fabinho, morando integralmente na casa de seus patrões. Treze anos depois, quando o menino (Michel Joelsas) vai prestar vestibular, Jéssica (Camila Márdila) lhe telefona, pedindo ajuda para ir à São Paulo, no intuito de prestar a mesma prova. Os chefes de Val recebem a menina de braços abertos, só que quando ela deixa de seguir certo protocolo, circulando livremente, como não deveria, a situação se complica.



Se Eu Fosse Você
– comédia

Cláudio (Tony Ramos) é um publicitário bem sucedido, dono de sua própria agência, que é casado com Helena (Glória Pires), uma professora de música que cuida de um coral infantil. Acostumados com a rotina e do casamento de tantos anos, eles quase sempre tem uma discussão. Um dia eles têm uma briga maior do que o normal, que faz com que algo inexplicável aconteça: eles trocam de corpos! Cláudio e Helena tentam aparentar normalidade até que consigam revertar a situação. Porém para tanto eles terão que assumir por completo a vida do outro.



Tropa de Elite – ação, drama

A rotina de um grupo de policiais e de um capitão do BOPE (Wagner Moura), que quer deixar a corporação e tenta encontrar um substituto para seu posto. Paralelamente dois amigos de infância se tornam policiais e se destacam pela honestidade e honra ao realizar suas funções, se indignando com a corrupção existente no batalhão em que atuam.



As Boas Maneiras – fantasia
 
E para quem já assistiu todos esses aí de cima, neste mês de Junho lança o filme ‘as boas maneiras’, um filme um tanto interessante, conta a história de Ana (Marjorie Estiano), que contrata Clara (Isabél Zuaa) pra ser babá do seu filho que ainda nem nasceu. Só que, numa noite de lua cheia, Clara percebe que as coisas não são muito normais nem naquela casa, nem com a Ana, nem com o bebê.